Bem-Vindos a Gatiln

 

“Bem-Vindos a Gatiln.

Uma vila no meio do nada

onde e nada acontece.

Ou assim pensava eu.

Não poderia estar mais errado.

 

 

Havia uma maldição.

Havia uma jovem.

E, no final, havia uma sepultura.”

 

publicado por Lena às 18:56 | link do post | comentar